Quanto custa construir um sobrado ou casa em 2018? – Guia completo

Quanto custa construir um sobrado ou casa? – Guia completo

Se é possível dizer que existe um sonho do brasileiro, esse é conquistar sua casa própria. E quando falamos em casa própria, todos imaginam poder construir a sua, para que tenha todos os detalhes escolhidos e seja perfeita para chamar de lar.

Porém, na hora de construir, é fundamental conhecer conceitos básicos, para não ser passado para trás e pagar mais caro do que realmente deveria pagar.

O que é CUB?

Os sindicatos da construção de cada estado, disponibilizam uma tabela atualizada todo mês, que inclui todos os insumos (mão-de-obra e material) detalhados para calcular o preço de cada etapa da obra. Não se trata de cálculos complexos ou coisa de outro mundo, mas uma simples conta matemática que pode te ajudar a economizar muito dinheiro. A sigla CUB significa custo unitário básico, ou seja, o preço do metro quadrado da obra.

Como usar o CUB?

O CUB/m² serve para calcular o preço de construções residenciais, comerciais, galpões e prédios.

Ou seja, apenas podemos usar para calcular a obra, quando se tratar de ampliação de pavimento ou edificação à parte. Por exemplo, para construir um segundo andar, pode-se usar a metragem quadrada a ser construída e, através do CUB, calcula-se o orçamento necessário para a obra.

Vale a pena citar que o CUB não considera valor do terreno, custo da fundação, despesas com muros e portões, jardinagem, pavimentação de áreas externas e nem despesas com projeto (arquitetônico, estrutural, instalações e etc). O que quer dizer que esses são outros valores que deverão ser considerados no custo total da obra.

Confira agora os 5 passos de como usar o CUB.

PASSO 1 – Como definir a área a ser construída

Se você já sabe a metragem da sua obra, ótimo, pule para o passo 2. Se não tem certeza ou não possui um projeto arquitetônico ainda, contrate um profissional qualificado para implantação do projeto que atenda suas necessidades. Leia mais sobre a importância de contratar um Arquiteto.

Mas se você quer ter a noção de quanto gastar, será interessante saber o que deseja construir, quantos cômodos, qual tamanho dos cômodos e se todos se adequam ao terreno.

Para o exemplo usaremos uma edificação padrão de 2 quartos com 100m².

 

Leitura complementar: Reformar é melhor que construir?

 

PASSO 2 – Escolha o padrão de acabamento

O custo da obra varia conforme a escolha do acabamento, que pode ser baixo, médio ou alto. É muito importante escolher com inteligência, principalmente se você quiser economizar.

Na tabela abaixo encontra-se um resumo dos materiais usados em cada um dos padrões de acabamento, para dar uma noção daquilo que você terá que gastar. Provavelmente terão alguns itens que você deseja na sua casa, mas não estão inclusos, isso acontece porque o cálculo do CUB é uma estimativa dos itens essenciais.

Escolhemos padrão NORMAL de acabamento para ilustrar nosso exemplo.

construção alto padrão curitiba

PASSO 3 – Selecionando sua região

Na tabela abaixo, encontram-se os preços do metro quadrado para o estado do Paraná. Escolha o local onde será sua obra e terá o valor do metro quadrado da região, conforme o padrão de acabamento que escolheu no passo 2.

Lembrando que está tabela refere-se aos preços de outubro de 2018. Para atualizar os valores e escolher sua região, clique aqui.

Fonte: www.cub.org.br; Sinduscon-PR

Para nosso exemplo, será adotado o padrão R1-N, usado para maioria das construções residenciais.

PASSO 4 – Multiplicar área da casa pelo preço do metro quadrado

Estamos chegando ao final, agora é simples. Vamos seguir nosso exemplo:

Tamanho do sobrado = 100 m²

Custo do metro quadrado = R$ 1.864,19

Custo da obra = 1.864,19 x 100 = R$ 186.419,00

 

*Se seu objetivo é ampliação de pavimento ou reforma onde não há necessidade de fundação, sua conta termina aqui. Porém se for obra nova, siga para o quinto e último passo.

PASSO 5 – Calculando a fundação

O CUB não inclui o custo da fundação do sobrado. Portanto, precisamos usar uma fórmula simples para que o valor final da sua obra inclua também esse item.

Basta pegar o valor encontrado no passo 4 e dividir por 0,9:

186.419,00/ 0,9 = R$ 207.132,23

 

Pronto! Esse é o custo estimado da construção da sua casa. Agora é só contratar um engenheiro.

 

Obs: Este cálculo é uma estimativa baseada em valores médios levantados em cada estado. Os custos reais da obra dependem de muitos fatores e podem variar em até 20% para mais ou para menos.

Com essas dicas, você pode ter uma ótima base de custos da sua obra, porém outro fator importante é ter em mãos o Projeto de Arquitetura e outros projetos necessários para realizar sua construção. Sem eles você terá apenas uma estimativa e não um orçamento real, o que não garante que não irão ocorrer gastos adicionais no decorrer da obra. Além disso, aplicando as técnicas certas é possível construir mais gastando menos e deixar o imóvel funcional e com o visual incrível.

Caso queira um cálculo de estimativa mais preciso tanto para reforma como para construção do zero, preparamos uma planilha simples e automatizada que qualquer pessoa sem conhecimento de obra, consegue preencher tranquilamente. 

Para baixar gratuitamente sua planilha, basta clicar no link abaixo:

Baixar planilha de orçamento de obras

 

LEIA TAMBÉM: Casa ou Sobrado? Conheça as vantagens e desvantagens

leonardo-tulli

Empreendedor, Profissional de Marketing e Engenheiro civil apaixonado por Arquitetura. Busca profissionalizar o mercado de pequenas e médias obras no Brasil através de planejamento e gerenciamento.

1 comment

  1. […] compra, é válido consultar um profissional de Arquitetura ou Engenharia para que a conclusão de sua obra seja ainda mais tranquila e […]

Write a Reply or Comment